Breaking News

Solenidade tem um minuto de silêncio em memória Oscar de Oxalá

01/11/16, 11:17

 

Fotos: Wilson Filho/ Cidadeverde.com

954846e8b29d3688912fe84290b721e3

 

A vice-governadora do Piauí, Margarete Coelho, chamou o prefeito de Teresina de “pai das religiões de raízes afro-brasileiras” durante solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção da praça dos Orixás, primeiro espaço público da capital que homenageará a cultura e religiões de matriz africana. O evento ocorreu no terreiro de Pai Oscar de Oxalá, reconhecido como primeiro terreiro de Candomblé do Piauí.

“Não há como estar na casa dele (Oscar de Oxalá) e não sentir sua presença e reverenciá-lo. Ele tinha um trabalho religioso e social marcantes. O prefeito Firmino Filho é um grande pai das religiões de raízes afro-brasileiras. Me junto a todos na alegria do momento, em que o município, através do prefeito e sua equipe, reconhecem e reservam um espaço como ponto de partida, referência e encontro. Fico feliz em ver esse povo sendo homenageado com um espaço próprio para as manifestações. O que os povos de terreiros querem não é tolerância, mas respeito. Axé!”, disse Coelho.

O babalorixá encontrado morto na garagem de sua residência em agosto de 2014- foi homenageado durante a solenidade tanto por autoridades políticas e também por amigos. O pai de santo, Rondineli Santos, pediu um minuto de silêncio em memória do Oscar de Oxalá e se referiu a Firmino Filho como “amigo da umbanda e candomblé”.

“Somos cidadãos como todos os outros. Não é fácil enfrentar o preconceito religioso e racial, pois a maioria das pessoas do candomblé e umbanda são negras. A construção dessa praça representa o respeito à diversidade religiosa. Hoje, o prefeito é amigo da umbanda e candomblé”, disse o pai de santo acrescentando ainda que, somente em Teresina, são mais de 400 terreiros.

O espaço ficará no bairro São Joaquim e é uma das ações do programa Lagoas do Norte. Com a obra, Teresina será a terceira capital do Brasil e a segunda do Nordeste a ter um espaço público voltado para candomblé e umbanda. O investimento estimado é de mais de R$ 500 milhões, parceria com o Banco Mundial.

“Esta é a primeira vez que venho a uma comunidade de candomblé e compartilho da tradição. Sou da Alemanha e no meu país não tem isso. Essa tradição é uma riqueza e temos que preservá-la. A parceria do Banco Mundial com a prefeitura de Teresina tem sido exitosa e vamos continuá-la, inclusive dobrando os recursos”, disse o diretor do Banco Mundial no Brasil, Martin Raiser, participou da solenidade.

e270c0ef9f27762e862efc5e69f63532

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

 

 

Extraído do site de notícias Cidade Verde / Teresina – PI
http://cidadeverde.com/noticias/233371/solenidade-tem-um-minuto-de-silencio-em-memoria-oscar-de-oxala

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *