Breaking News

SP: Fiel diz que pastor cobrou mais de R$ 50 mil por trabalho espiritual

“Verificamos que houve charlatanismo e instauramos inquérito”, disse o delegado

Reprodução / Google Maps
Reprodução / Google Maps

JUSTIÇA

05:50 – 15 de Julho de 2015 | Por Notícias Ao Minuto

 

Um homem de 78 anos, procurou a Igreja Internacional da Promessa, em Suzano, São Paulo, no início deste ano, para uma ajuda espiritual, pois precisava vender imóveis. Antônio Fernandes Filho, foi até igreja procurando apoio, mas segundo ele, saiu sem a solução para seus problemas e com menos R$ 28 mil na conta bancária.

Segundo o jornal Extra, o delegado do DP Central (Suzano), Fátimo Aparecido Rodrigues, informou que a vítima ouviu um programa numa rádio em que o bispo da igreja falava sobre problemas espirituais, de saúde e financeiros. Foi aí que Antônio resolveu visitar o templo, na rua Mirambava.

“Nessa primeira consulta, exigiram uma quantia de R$ 28 mil para fazerem um trabalho. E ele pagou à vista. Na segunda vez, exigiram mais R$ 50 mil. Segundo a vítima, seria para comprar estátuas de São Jorge para quebrá-las, porque assim quebraria toda a maldição que ele tinha. Como a vítima só tinha R$ 30 mil, ofereceram empréstimo de R$ 20 mil”, detalhou o delegado ao jornal.

O aposentado foi ao banco com um membro da igreja para sacar o combinado, mas o gerente desconfiou e resolveu chamar os policiais, mas ao avistar os agentes, a pessoa teria fugido.

“Verificamos que houve charlatanismo e instauramos inquérito. Tivemos a convicção de que a vítima foi levada à fraude e fizemos indiciamento formal do bispo Carlos Roberto Miranda e do reverendo José Francisco da Silva. Eles já foram ouvidos e não negaram que receberam a quantia de R$ 28 mil, mas disseram que tudo foi doação para a igreja”, afirmou Fátimo.

Ainda segundo o jornal apurou, o advogado da igreja, Célio Marcos de Assis Pereira, disse que foi o próprio Antônio que levantou a quantia para doar à igreja.

 

Extraído do portal português Notícias ao Minuto
http://www.noticiasaominuto.com.br/justica/119024/fiel-diz-que-pastor-cobrou-mais-de-r-50-mil-por-trabalho-espiritual?utm_source=gekko&utm_medium=email&utm_campaign=daily#.VagN1flVjzl

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *