Breaking News

Suspeitos de matar mãe e filha em Poços de Caldas são indiciados por duplo feminicídio

29/06/2015 18:29 – Atualizado em 29/06/2015 18:29

Hoje em Dia

 

Os dois suspeitos de participação na morte de Aline Rosa da Silva, de 30, e da filha dela, de 3, foram indiciados por duplo feminicídio. O inquérito que apura o crime foi concluído e remetido à Justiça nesta segunda-feira (29). O crime aconteceu em Poços de Caldas, região Sul de Minas.

Nesta manhã, o delegado Cleyson Brene fez acareação entre Marcos Francisco Pedrilho, de 23 anos, e o pai de santo Carlos Henrique Ramos, de 35. O primeiro suspeito era marido da mulher e pai da criança, e confessou o crime.

Ele disse em depoimento que cometeu os assassinatos durante um ritual de magia negra e relatou, ainda, que foi incentivado pelo pai de santo. Pedrilho disse, também, que teria uma relação homossexual com Ramos, que ainda seria padrasto de Aline.

Além de finalizar o inquérito, o delegado solicitou a Justiça a prisão preventiva de Ramos, já que o suspeito está detido temporariamente. Os dois estão reclusos no Presídio de Poços de Caldas.

O caso

O crime que chocou Poços de Caldas, no Sul de Minas, aconteceu no dia 20 de junho. O principal suspeito de matar mãe e filha se apresentou à polícia horas após os homicídios.

No primeiro momento, Marcos Francisco Pedrilho disse que tirou a vida da mulher e da filha após Aline falar que a menina não era filha dele. As vítimas foram encontradas deitadas, abraçadas e cobertas, como se estivessem dormindo.

“Contudo, afastamos a tese de crime passional. As vítimas não apresentavam sinais de defesa, de luta corporal. Além disso, no dia do crime, ele fez publicações no Facebook falando que amava a família”, relatou o delegado.

Durante o interrogatório, conforme Cleyson, o homem mudou de versão. “Ele falou que era adepto de magia negra e ocultismo. Disse que os panos eram para que os espírito não saíssem dos corpos. Faltou, também, que uma pessoa teria o instigado a cometer o crime”.

 

 

Extraído da página Hoje em Dia, do portal de notícias R7
http://www.hojeemdia.com.br/horizontes/suspeitos-de-matar-m-e-e-filha-em-pocos-de-caldas-s-o-indiciados-por-duplo-feminicidio-1.328563

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *