Breaking News

TREZENA IPCN DA LIBERDADE, TERRITÓRIO E IDENTIDADE

 

13 a 25 de maio –  13 dias de reflexão 

IPCN – Avenida Mém de Sá, 208 – Cruz Vermelha

MÚSICA, CINEMA, DEBATE, DANÇA E EMPREENDEDORISMO

13 HORAS DE PROGRAMAÇÃO POR DIA

entrada franca

 

Rio, 18/05/2017 – Hoje é o dia das CIA. DAS PRETAS , na Trezena IPCN da Liberdade, Território e Identidade 2017. As artistas da Cia. das Pretas convidam para o Oficina Afro-Experimentação – Corpo em Movimento.  Amanhã, sexta-feira, a partir das 10 horas, o Renascença Clube ocupa o IPCN. Anote a programação do RENASCENÇA-CLUBE – sexta-feira, 19 de maio:

9hs – ABERTURA

10 às 12 hs: Renascença Clube Mostra sua Cara – Membros da Diretoria Executiva, Velha Guarda e Departamento Infantil

14 às 16hs: Grupo Palco Mil Sonhos – Apresentação de alunas  e alunos do Curso de Modelo.

18: às 18:30hs – Troféu aos Ancestrais – Sra. Lidia Garcia

18:30 às 21:30hs – Renacine e Cultne apresentam Mostra Rena de AudioVisual. No roteiro: videoclips e o longa SELMA –  UMA LUTA PELA IGUALDADE -cinebiografia do pastor prostestante e ativista social Martin Luther King – duração 2 horas.

 

 No, sábado,  20 de maio, de 9 às 21 horas o Matriarcado estará, no centro  no Seminário  Mulherismo  Africano. No dia seguinte, 21, o IPCN ocupa parte da Avenida Mem de Sá.

O cantor Téo Azevedo (Minas Gerais) e a cantora Lizza Dias (Rio Grande do Sul) vão nos apresentar a forte da presença da cultura negra do Sudeste ao Sul do Brasil. Téo Azevedo e Lizza Dias são programas para crianças e adultos. Bóra para Mem de Sá, 208!

 

 

TREZENA IPCN DA LIBERDADE TERRITÓRIO & IDENTIDADE

quinta, dia 18 – 18 horas.  Oficina de Afro-Experimentação Cia das Pretas –

sexta- 9  às 22 horas – Cerimonial – Entrega de Troféu – Desfile de Modelos Mirins – Rena-Cine Selma -Uma Luta pela Igualdade – Cinebiografia de Martin Luther King.

sábado – 20 – de 9 às 21 horas – Seminário Mulherismo Africano – Roda de Conversa e Salgueiro.

TREZENA IPCN DA LIBERDADE TERRÍTÓRIO E IDENTIDADE

13 a 25 de maio – 9 às 22 horas- 13 dias de reflexão.

Entrada Franca

realização: IPCN – Instituto de Pesquisa das Culturas Negras – Avenida Mem de Sá, 208.

Entrada Franca

 

IPCN, Terreiro de ide  políticas

(www.recuperacaodoipcn.blogspot.com)

Trezena da Liberdade, Território e Identidade.

13 dias de reflexão.

 

A Roda da História uniu-se ao tempo e recolocou o Instituto de Pesquisa das Culturas Negras –  IPCN, 42 de volta ao epicentro do debate, em torno do fim do colonialismo  África ( Portugal, último invasor a sair do continente) e o  fim da diáspora do afriaco (Brasil, último país a abolir a escravidão). Estas duas tragédias da História da Humanidade tem datas: 25 e 13 de maio respectivamente.

Atento aos sinais dos tempos, o Instituto de Pesquisa das Culturas Negras sedia a Trezena  IPCN da Liberdade, Território e Liberdade – 13 a 25 de maio de 2017 – 9 às 22 horas. Acompanhe a programação de até o encerramento, dia 25.

6º dia – 18/05 (Quinta-feira)

– Oficina com a Cia das Pretas – Afro Experimentações da Voz e Corpo em Movimento – 18:00Hs

7º dia – 19/05 (Sexta-feira)

– Exposição – 9:00Hs

– Intercâmbio entre as Diretorias do RENASCENÇA e IPCN – 10:00 – 14:00Hs

– Grupo de Teatro GPMS – Palco dos Sonhos – 14:00 – 16:00Hs

– Filme SELMA seguido de debate. Resp: RENACINE – 18:00Hs

 

 

8º dia – 20/05 (Sábado)

– Seminário MULHERISMO AFRICANA. Resp: Coletivo Mulherismo Africana – 09 – 22:00Hs

– Abertura – Café da Manhã Coletivo – 09:00Hs

– Estrutura política do Mulherismo Africana – 10:00Hs

– Almoço Coletivo – 12:00Hs

– Palestras diversas (Masculinidade, Matriarcado…) – 14:00Hs

– Peça Teatral – Meus Cabelos de Baobá (Fernanda Dias)

– Sarau e Dj´s

9º dia – 21/05 (Domingo)

– Atividades externas na Rua (Manhã e Tarde) com Feira Afro e Afro Expositoras – Dia inteiro

– Projeto Caboclinhas com Samba de Côco, Jongo, Capoeira e atividades com Crianças. Resp: Lisa Dias

– Cantor e compositor Téo Azevedo, diretamente de Minas Gerais

10º dia – 22/05 (Segunda-feira)

– Tchinho Kaabunke, “África Oeste: Ocupações Árabes Islâmicas e Católicas Europeias” – Manhã e Tarde

– Delanir com o documentário feito em  São Tomé e Príncipe – Nós Somos Angolanos – 18:00Hs

11º dia – 23/05 (Terça-feira)

– Reparação: Direito e Justiça. Resp: REPARAÇÃO – 18:00Hs

 

12º dia – 24/05 (Quarta-feira)

– Exposição e atividades literárias, musicais e infantis. Veralinda Menezes (Escritora) – 9 – 22:00Hs

– Produção Cultural: Príncipes Negros

13º dia – 25/05 (Quinta-feira)

– Atividade Cultural da Baixada Fluminense – Afoxé Maxambomba

– DIA DA ÁFRICA. Resp: José Hossi – Consulado de Angola – 18:00Hs

 

Av. Mem de Sá, 208 – Pça Cruz Vermelha

 

ENTRADA FRANCA

 

Fonte: ASCOM

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Ilé Asé Omin Oiyn, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Hoje, é editor do Jornal Awùre. Diretor Financeiro da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. Colabora com a assessoria de comunicação do PPLE - Partido Popular da Liberdade de Expressão Afro-Brasileira. É sócio diretor na agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *