Breaking News

Universidade Federal da Paraíba recebe Exposição Xirè dos Orixás do PPGANT/UFPI

Publicado em 08-08-2016 A Universidade Federal da Paraíba (UFPR) recebeu entre os dias 04 e 06 de agosto a exposição Xirè dos Orixás, organizada pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia – PPGANT da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em parceria com o Instituto Federal do Piauí (IFPI). A exposição Xirè dos Orixás é parte da pesquisa intitulada “Roupas de Santo: marcadores identitários das religiões afro-brasileiras”, em desenvolvimento no PPGANT e que enfoca a problematização da intolerância religiosa e do racismo enquanto práticas recorrentes na sociedade brasileira, muitas vezes explicitados a partir do uso de determinada indumentária. A exposição conta com 20 bonecos paramentados, 16 deles com as roupas dos orixás mais cultuados no Brasil, todos confeccionados pela professora do IFPI - Campus Teresina Zona Sul e mestranda do PPGANT, L'Hosana Tavares, orientanda da professora Dra. Verônica Cavalcante, da UFPI.
L'Hosana Tavares ao lado da orientadora Verônica Cavalcante durante realização da exposição
L'Hosana Tavares ao lado da orientadora Verônica Cavalcante durante realização da exposição
Quirè dos Orixás busca alargar o discurso sobre religiões afro-brasileiras, mostrando a simbologia das “roupas de santo” empregadas em rituais do candomblé e da umbanda, tanto as usadas pelos filhos(as) dentro dos terreiros para afazeres cerimoniais (as chamadas roupas de ração) como as utilizadas durante as festas, nos momentos que antecedem a incorporação, possessão ou transe e as roupas específicas de cada orixá.  A construção das vestes apresentadas são reproduções das originais encontradas nos terreiros IlÉ Oyà Tade e Ilè Asè Ollomi Wura (Teresina – PI).
Público aprecia exposição
Público aprecia exposição
Segundo L"hosana Tavares a exposição prioriza o corpo e a indumentária enquanto categorias importantes para o conhecimento nos campos da moda e da antropologia, apresentados como valiosos instrumentos desnaturalizadores, desconstrutores de preconceitos e de intolerâncias etnocêntricas em relação aos cultos religiosos e rituais afro-brasileiros. exposicao_xire_2 registrado em: UFPI,Últimas Notícias - UFPI   ufpi-icone1 Extraído do portal da Universidade Federal do Piauí / Teresina – PI http://ufpi.br/ultimas-noticias-ufpi/14817-ufpb-recebe-exposicao-xire-dos-orixas

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *