Breaking News

Vestidos afro, a nova tendência dos bailes de finalistas (e não só)

 

20/05/2016 marciagurgel

mequetrefismos-inspiracao-vestido-afro1-800x450

Existem dois grandes dilemas para quem vai a um baile de finalistas. Arranjar um par e, principalmente no caso das mulheres, escolher um vestido. No ano passado, Kyemah McEntyre tornou-se notícia por ter costurado o seu próprio vestido, que tinha uma particularidade: o padrão afro. Sem se dar conta, a jovem, na altura com 18 anos, lançava assim uma tendência que tem sido seguida por várias outras jovens nos EUA e não só.

e45ca4fe5970ce71a55ec3c90dcfdca5-376x563
A história do vestido criado por Kyemah McEntyre para o seu baile de finalistas tornou-se viral nas redes sociais

 

Este ano, várias jovens decidiram deixar de lado a segurança de um vestido clássico e mais discreto e optaram pelas cores quentes e pelos padrões arrojados. Na imagem abaixo, uma das finalistas que deu nas vistas ao usar uma criação do DeAndre’ Crenshaw.

CiXsEuKWkAA59NQ-422x563
Este anos, várias jovens norte-americanas usaram vestidos com padrões de inspiração africana para o baile de finalistas

 

Os exemplos de quem decidiu seguir as pisadas de Kyemah McEntyre invadiram as redes sociais. As imagens mostram que a criatividade não conhece limites, havendo vestidos para todos os gostos.

baile
Outra das finalistas que mostrou nas redes sociais o vestido que usou numa das noites mais esperadas pelos estudantes norte-americanos

 

Mais do que uma questão de moda, uma forma manifestação de orgulho cultural. Nas redes sociais é possível constatar que esta tendência dos padrões africanos também alastrou-se para o universo masculino.

Estes dois estudantes norte-americanos não só foram juntos ao baile de finalistas como também combinaram as respetivas indumentárias
Estes dois estudantes norte-americanos não só foram juntos ao baile de finalistas como também combinaram as respetivas indumentárias

Na XXI Gala dos Globos de Ouro, que realizou-se no passado domingo no Coliseu dos Recreios, Weza Silva, mulher do jornalista Luís Costa Branco, também escolheu um modelo com inspirações africanas, assinado pelo estilista Gio Rodrigues, para pisar a passadeira vermelha.

O vestido que Weza Silva usou na XXI gala dos Globos de Ouro
O vestido que Weza Silva usou na XXI gala dos Globos de Ouro

“Muito amor por este vestido”, escreveu Weza Silva na legenda da fotografia que partilhou com os seus seguidores na rede social Instagram.

 

 

MÁRCIA GURGEL

Leia mais: Vestidos afro, a nova tendência dos bailes de finalistas (e não só) http://www.delas.pt/vestidos-afro-a-nova-tendencia-dos-bailes-de-finalistas/#ixzz49Fdzrczp
Follow us: @DelasPt on Twitter | delas.pt on Facebook

Extraído do blog Delas.com
http://www.delas.pt/vestidos-afro-a-nova-tendencia-dos-bailes-de-finalistas/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *