Breaking News

Vina Calmon será madrinha de festa para Iemanjá

Juracy dos Anjos | Qui, 29/01/2015 às 09:16    
Margarida Neide | Ag. A TARDE Cantora do Cheiro de Amor será uma das madrinhas da festa Yéyé Omo Ejá
Margarida Neide | Ag. A TARDE
Cantora do Cheiro de Amor será uma das madrinhas da festa Yéyé Omo Ejá
A cantora da banda Cheiro de Amor, Vina Calmon, será uma das madrinhas da festa Yéyé Omo Ejá, no  dia 2. O evento acontece na loja Nino Nogueira Decor, no Rio Vermelho. Dão na Feijoada Yemanjá é Black Outro evento no Rio Vermelho, durante os festejos à  Rainha do Mar, é a Feijoada Yemanjá é Black. A festa será em um bar no Largo de Santana e terá como atração Dão e a sua Caravana Black. MicroTrio fará ensaios abertos Um dos movimentos musicais mais empolgantes do Carnaval de Salvador, o MicroTrio fará dois ensaios neste verão, no Restaurante Póstudo (Rio Vermelho). O primeiro será no domingo. O outro dia 8, sempre às 17h.     Extraído do site do Jornal A Tarde http://atarde.uol.com.br/chamegente/noticias/1656036-vina-calmon-sera-madrinha-de-festa-para-iemanja-premium?direcionado=true

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *